Contador de visitas

contador grátis

quinta-feira, maio 14, 2009

ORIXÁ TEMPO

Este é um Orixá primordial nas casas de Angola. Seria ele o verdadeiro Rei da nação Angola. É sincretizado com São Lourenço. Nada se faz numa casa de Angola sem esse Santo. Aliás, uma casa de Angola não existe sem ele.

Segundo algumas crenças africanas, Tempo teria sido criado por Zambi Apongue, para ser uma espécie de assessor direto de Zambi(Deus), e esse se incube de anotar tudo que fazemos nesse mundo bem como todas as decisões do Supremo Deus do Universo.

Ele é um Orixá pouco conhecido por grande parte dos seres vivos, uma vez que toda a criação está de alguma forma incluída nos desígnios desse Santo. Ele é implacável e cobra de forma imparcial e até mesmo dura, o cumprimento de nossos carmas, independente de nossa religião. É ele quem determina de acordo com as ordens recebidas de Zambi, o inicio e o fim de tudo.

Em seus vários sincretismos, encontramos na Mesopotâmia, sua correspondência com Enki, o famoso Leão Alado, que acompanha a nós humanos desde o nosso nascimento até o nosso desencarne. No Egito seu correspondente seria Anúbis, o que determina nossa caminhada desde nosso nascimento até nossa morte, segundo o Livro dos Mortos dos egípcios.

Até mesmo entre nações extintas como os Incas e os Maias, sendo que entre os primeiros ele tem como correspondente Teotihacan e entre os Maias seria Viracocha. Isso sem citarmos ainda Cronus que seria seu correspondente entre os Gregos e os Romanos, Cronus era conhecido como o Senhor do Tempo e do Espaço e era implacável em sua cobrança.

Em suas representações, vemos vários formatos de sua ferramenta e variando de casa para casa, nessa ferramenta deve ter uma ou duas cadeiras, trabalhadas no mesmo ferro no qual foi fabricado seu fetiche.

Sincretizado com São Lourenço tem também uma identidade comum com Obaluayê, com quem se identifica em muitos aspectos, inclusive no uso da palha da costa. Somente se assenta esse Santo para quem está abrindo sua casa, pois ele responde como guardião pessoal do Sacerdote da mesma, sendo responsável por sua saúde, trabalha em conjunto com o Orixá dono daquela casa.

Não se assenta dois Tempos em uma mesma casa, e segundo alguns zeladores mais antigos, um zelador somente raspa um Tempo em toda a sua vida, não podendo em hipótese alguma raspar outro.

Orixá de muita sabedoria, muito antigo possui também um temperamento forte e deve ser tratado com carinho e respeito, porque todos os demais Orixás respondem junto com ele, de Exú a Oxalá. Pois todos os Orixás dependem do Tempo para se manifestarem em seus iniciados, aliás, nós precisamos do Tempo para tudo!

Quando se oferece sacrifício a esse Orixá, entrega-se também um bori completo, de Ogum a Oxalá, pois todos os demais comem junto com ele, é nos pés de Tempo que respondem todos os mistérios de uma roça de Angola.

A cada determinado dia do mês, deve-se entregar a ele oferendas como: ebô de Oxalá, doburú, frutas diversas sempre brancas, e vela. Essa oferenda serve tanto para abrir os caminhos do Zelador como de seus filhos e clientes e também serva para que ele ajude com Obaluayê na saúde de todos os membros daquele Templo.

Segundo alguns mais antigos dentro dos mistérios da nossa religião, quando Tempo se zanga, muita coisa de ruim pode acontecer, desde a queda financeira das pessoas daquela roça, como na saúde dos mesmos. E se por ventura, Tempo se zangar em demasia, todos os demais Santos, de Exú a Oxalá, respondem por ele, e cobrarão de quem o ofendeu.

Independente do Santo da casa, Tempo reina absoluto nas roças de Angola e sem ele, sem se dar satisfação a esse Grande Rei e Pai, não se pode fazer nenhuma obrigação na casa, seja um obi, um bori ou mesmo uma feitura de Yawô.

É de lei que atrás de seu assentamento repouse fincado no chão, um tronco no qual é feito ritual secreto para uma entidade que trabalha junto com ele, e ainda atrás do mesmo e ao lado desse tronco, cava-se um buraco no qual outros rituais secretos são realizados.

Também, deve se ter atrás de tudo, uma vara de bambu bem alta e na ponta desse, uma bandeira branca que é a representação dos fundamentos de Tempo e indica que ali existe uma Roça de Angola. Existem algumas pessoas que dizem que os escravos costumavam amarrar um pano branco em uma vara de bambu para indicar que ali existia uma comunidade negra, mas o certo é que essa bandeira tem a representação do Tempo e a mesma pede paz a Olorúm.

É muito comum também se cuidar deste Santo toda segunda Feira, pois que esse dia representa para nós no Brasil, a abertura da semana, mas cuidando-se dele uma vez por mês já é o suficiente, desde que seja sempre no mesmo dia.

Como todos os Orixás são representados por ele, e todos comem junto com o mesmo, seu dia de culto pode ser todos da semana, devendo se resguardar as Sextas Feiras em respeito a nosso Pai Oxalá.

Seu mês é Agosto ocasião que na Bahia nas casas de Angola se toca a Festa de Tempo, uma das mais concorridas.

Sua cor é Verde e Branca, mas também pode se mesclar todas as cores dos demais Orixás em uma conta, espécie de colar e colocar em seu assentamento.

Suas comidas são as de todos os Santos, quando se oferece a ele holocaustos, e ebô, frutas brancas, arroz, e doburú quando apenas desejamos presenteá-lo.

Seus bichos são o cabrito, frangos, pombo, pato e galinha de angola.

Seu assentamento é sempre do lado de fora das casas, não se colocando telhado sobre ele, deve ser colocado em baixo de uma árvore que deve ser encantada para ele.

Sua saudação: elá Tempo, elá mano, elá compadre! Zará Tempo, Tempo Zará! Tempo mavile caçange!


Sérgio Silveira, Tatetú N’Inkisi, Odé Mutaloiá.

odemutaloia@hotmail.com

6 comentários:

  1. Estou para fazer meu assentamento do Tempo e por curioso cheguei ao seu Blog, obg pelas sujestoes muito parecido com o que tenho de fazer , continuem assim muito bom (AXÈ

    ResponderExcluir
  2. Estou para fazer meu assentamento do Tempo e por curioso cheguei ao seu Blog, obg pelas sujestoes muito parecido com o que tenho de fazer , continuem assim muito bom (AXÈ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelas palavras e que Tempo lhe traga muita prosperidade.

      Excluir
  3. SABER SOBRE DEUS TEMPO, E DE CRONOS QUE É O SEU REPRESENTATIVO, NOS ENSINA MUITO. INTELIGENTE AS INFORMAÇÕES.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jairo, Tempo é o Rei de minha nação, por isso é por muitas outras coisas o amo tanto. Grato por sua visita.

      Excluir
    2. Jairo, Tempo é o Rei de minha nação, por isso é por muitas outras coisas o amo tanto. Grato por sua visita.

      Excluir