Contador de visitas

contador grátis

terça-feira, junho 30, 2009

VAMOS CONVERSAR COM DEUS?

Obviamente que Olorúm, Deus, sempre escuta nossas preces e pedidos e quem as encaminha a ele são nossos Orixás e Guias Protetores.

Sempre que estivermos em um problema maior, devemos nos recolher a um canto e sozinhos e em silêncio absoluto, devemos elevar nossos pensamentos a Deus e aos nossos Orixás e mentalizar tudo que está nos acontecendo e nos machucando. É imprescindível que estejamos mergulhados no maior silêncio possível para que nossa mente não vagueie nos sons externos e assim deturpe nosso pensar.

Uma hora muito boa para isso é na madrugada, pois, o silêncio reina absoluto.

Se Vista com roupas, mesmo as de dormir, mas, claras, e se possível acenda uma vela e ao lado coloque um copo com água. Se tiver mel, adicione umas três gotinhas do mesmo dentro do copo com água, se não tiver, não tem importância, apenas tente colocar água filtrada. Essa vela pode estar no chão mesmo ou em cima de uma mesa de centro, por exemplo.

Acenda ao lado um incenso de mirra, canela, ou rosas. Então, sente-se da forma mais confortável possível em posição de meditação, então, reze um Pai Nosso e uma Ave Maria e ofereça ao seu Anjo da Guarda, e também ao Orixá que preferir. Mas, reze apenas com a mente e com o coração, não permita que sua boca profira qualquer palavra.

Após a oração, deixe seu coração divagar sobre o que deseja, sobre o que o aflija e tão somente com o coração, mentalize e deseje o que deseja. Não tenha pressa em terminar, apenas se entregue ao que está fazendo, com o máximo de fé que lhe for possível.

Após o término, profira um agradecimento a Deus e aos Orixás e Guias Protetores por virem lhe assistir, e termine sempre dizendo a si mesmo, da certeza de ser atendido.

Volte para seu leito, relaxe, e durma, e deixe a vela queimar até terminar. No outro dia, após a vela ter queimado, despeje a água em uma planta sem espinho e não venenosa e a borra da vela pode colocar lá também.

Sempre que desejar, repita esse procedimento, pois muitas vezes temos que insistir em nosso sacrifício para que sejamos atendidos.

Que Olorúm nos abençoe.

Sérgio Silveira, Tatetú N’Inkisi, Odé Mutaloiá.

odemutaloia@hotmail.com

odemutaloia@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário