Contador de visitas

contador grátis

terça-feira, fevereiro 16, 2010

CHEGOU A QUARESMA

Como ocorre todo o ano, após o festejo de momo, surge novamente a quaresma, um ritual cristão mais propriamente da Igreja católica, sendo que as demais Igrejas denominadas Evangélicas não possuem esse ritual.

A palavra quaresma, se traduz do latim, quadragésima, é para os católicos um período de orações e sacrifícios e que antecede a maior festividade do catolicismo: a ressurreição de Jesus Cristo, ou seja, a páscoa.

Esse período de orações e jejuns inicia-se na quarta feira de cinzas e seque até a quinta feira santa, ocasião em que se comemora a última ceia de Cristo com seus apóstolos, e termina no sábado de aleluia.

O período da quaresma são quarenta dias após o carnaval, mas se contado em sua totalidade, daria uma soma de quarenta e sete dias, porém como os domingos já são santos para os católicos, eles não são contados, ficando assim somente os quarenta dias.

Nos templos de Umbanda é comum os trabalhos seguirem em ritmo normal, iniciando na quarta feira de cinzas com uma gira de pretos velhos, que veem na terra para nos conceder as cinzas que nos redimirão dos atos praticados no carnaval, e afastará os espíritos inferiores que normalmente se aproximam das pessoas durante o carnaval, pois mesmo na Umbanda, as entidades de luz, afastam-se durante os dias da festividade de momo.

Dentro das casas de Candomblé, hoje em dia existem variações com relação a esse ritual: os antigos zeladores para serem aceitos pela comunidade local, a exemplo do que faziam negros e negras como Chica da Silva, que viveu em no Arraial do Tijuco hoje Diamantina MG, entravam para as irmandades da igreja católica, como Sagrado Coração de Jesus, e seguiam seus rituais e preceitos. Assim sendo, introduziram dentro do Candomblé o ato de se resguardar a quaresma, ou seja, a casa fica fechada durante os quarenta dias desse rito.

Comumente vemos casas de Angola e mesmo algumas de Jêje ou Kêtu que mantêm suas festividades suspensas, pois acreditam que: “o santo está dormindo” ou seja, afastado da terra e que somente exú responde e governa para eles durante essa passagem. No sábado de aleluia tocam o adarrun, toque sagrado para invocar os orixás de volta a nosso planeta.

Porém hoje em dia com a atual situação das religiões afro-brasileiras, esse tipo de ritual vem sido abolido em grande maioria das casas de candomblé, pois, conforme dizem seus zeladores: “trata-se de um ritual cristão e não do axé orixá”, assim sendo não veem motivo para que se mantenha na atualidade.

Um outro fator que com certeza contribuiu e muito para a introdução desse preceito no candomblé, foi o fato de que os negros eram proibidos por seus “donos” a praticarem a religião de seus antepassados e assim sendo, primaram pelo sincretismo.

Mesmo em meados do século XX, ainda era comum a policia perseguir os templos de Umbanda e Candomblé, ocasião em que prendiam todos que se encontravam naquele local, então, os sacerdotes e sacerdotisas continuaram a manter o culto da quaresma como forma de mostrar uma “submissão” ao cristianismo, afastando assim a idéia de culto demoníaco, que erroneamente se tinha de nossa religião.

Mas, com o avanço das leis, muitas casas hoje em dia, aboliram esse ritual, e assim sendo, podemos até mesmo ver saídas de yawô durante os quarenta dias que se seguem após a folia.

Se esse ou aquele está errado, nessas humildes páginas não nos compete dizermos, apenas posso afirmar que, se cultuando ou não a quaresma, o que realmente importa é que sigamos fielmente as leis de nossos orixás, não nos importando as pedras que encontraremos em nosso caminho.

Não nos importa o ritmo de cada casa e de seu sacerdote, o que importa realmente, é que sejamos fiéis à casa que nosso orixá escolheu, pois ele com certeza sabe o que é melhor para seus filhos.

Sérgio Silveira, Tatetú n”inkisi: Odé Mutaloiá

odemutaloia@hotmail.com




















ORAÇÃO DOS ESTUDANTES AO MENINO JESUS DE PRAGA

Ó Santo Menino Jesus, sabedoria eterna e encarnada, que pela vossa suave imagem de Praga, dispensais a todos, generosamente, as Vossas graças, e de modo à juventude que a Vós recorre, volvei olhar benigno sobre mim, que invoco a vossa proteção para os meus estudos.

Iluminai a minha mente, tornando fácil a aquisição do saber. Reforçai minha memória, a fim de que possa reter tudo o que aprendi. Nos momentos difíceis sede a minha luz, o meu amparo e o meu conforto. ò dulcíssimo Menino Jesus de praga, Protegei-me todos os dias, cobrindo-me com o Vosso manto protetor, e guiai-me sobretudo na aquisição do saber e no caminho da salvação eterna.

Amém

segunda-feira, fevereiro 15, 2010

ORAÇAO DOS PRETOS VELHOS

Senhor, Pai, que sois o poder, a bondade, a misericórdia, olhai por aqueles que acreditam em vossa bondade, poder e misericórdia.

Daí, Pai, aos que vacilam no vosso poder, na vossa misericórdia e bondade, a clareza de clareza de pensamentos e abri-lhes Senhor, os olhos para que pratiquem sempre a bondade, a caridade para com os outros, reconhecendo assim vossa existência, poder e misericórdia, bem assim, vosso Reino.

Senhor, perdoai aqueles que a escuridão ainda não deixou ver os erros cometidos na sua passagem por esse planeta. Daí, senhor, a eles que sofrem a luz do vosso imenso amor.

Que a luz do vosso imenso amor nos ilumine neste mundo e em outros que ainda desconhecemos, mas, que cremos se mais difícil atingir. Oh! Pai, a nós pecadores aceitai o nosso arrependimento dos erros que temos cometido, oh! Pai, pela vossa sagrada bondade e paixão, consenti que caminhemos até vós pelo caminho da perfeição.

Assim seja.

sábado, fevereiro 06, 2010

EIS QUE CHEGOU O CARNAVAL

Chegamos mais uma vez, à festa mais popular de nosso amado país. Obviamente que muitas pessoas do santo, brincam na folia de momo, se distraindo, esquecendo-se um pouco das lutas e dos sofrimentos do dia a dia. Entregam-se com fervor à folia, aos ritmos que fazem o delírio de todos nós.

Claro que não condeno àqueles que se dedicam a essa festa, afinal antes de tudo ela é uma das poucas festas onde a discriminação e a intolerância não encontram berço. Porém, não devemos nos esquecer de, antes de sairmos para a folia, deixarmos nosso Orixá e nosso Exú acesos para que possam nos guardar de todas as maldades do mundo, afinal, estamos em uma época em que os exageros colaboram para o aumento da violência e outros.

Não devemos também, esquecermos das promessas e juras que fizemos aos nossos Pais e Mães e nos mantermos atentos, em vigília para que possamos nos prevenir. Para as pessoas do santo, é sim, permitido, desfilar em escolas de samba, dançarem nos bailes de clube, e até mesmo nos de rua, mas NOS É PROIBIDO, a prática de crimes sejam eles quais forem.

Podemos brincar na folia, mas não podemos esquecer-nos de agirmos com coerência e calma durante os festejos. Sabemos que muitos espíritos inferiores estão à solta nessa época, tentando de todas as formas, arrebatarem mais almas para seu seio, e aí é que entra nossa responsabilidade como pessoas do santo: impedindo que esses seres, se apoderem de nós e, ao convocarmos nossas forças superiores, impedir também que se apoderem de nossos entes queridos, vizinhos e amigos.

Se convocarmos Deus e nossos Orixás, claro que enviarão mensageiros para que nos auxiliem e que tenhamos assim uma festa de amor e paz somente.

Não devemos como pessoas de uma religião, nos entregarmos em demasia à bebida e temos que nos mantermos mais que nunca, em vigília constante por conta das drogas que são consumidas em altíssimas doses, facilitando assim a interferência de seres inferiores que se alimentam dessas energias, provocando o caos em várias famílias.

Brinquemos, pois com Momo, mas, nos lembremos de que após o término da festa, temos que tomar um banho de limpeza para que possamos estar assim, livres de toda a influência negativa.

Sérgio Silveira, Tatetú N’Inkisi: Odé Mutaloiá.

odemutaloia@hotmail.com